5 dicas para escolher os móveis de cozinha

By 5 de junho de 2016Cozinhas

Confira 5 dicas para escolher os móveis de cozinha, o cômodo mais delicioso da casa. Tão delicioso que merece receber móveis que ajudem a deixar o espaço bonito e aconchegante para que você possa receber sua família e amigos de forma confortável e funcional.

 

Dicas para escolher os móveis de cozinha

Fonte: Roma Mobili.

  1. Móveis sob medida: Para que os móveis cumpram bem suas funções vale a pena ter um projeto personalizado. Os móveis sob medida para cozinha se encaixam perfeitamente no espaço, deixando-o funcional e otimizado. Assim, mesmo as menores cozinhas ficam parecendo mais amplas e arrumadas com este tipo de mobiliário.

Ao fazer um projeto personalizado, também é possível escolher a quantidade de armários com prateleiras e com gavetas, onde cada um dos armários fica melhor, e também o design do mobiliário. É possível escolher somente um estilo (moderno, clássico, retrô) ou misturar tendências, criando um espaço ainda mais único e que reflete a personalidade da família.

  1. Cozinha multifuncional: Uma cozinha deve ser multifuncional e estar em sintonia com o resto da casa. Isso significa que a cozinha deve ser muito mais do que um espaço para cozinhar: ela deve ser um local de confraternização da família, para receber amigos e, ainda, para se fazer algumas refeições.

A cozinha deve estar alinhada com a rotina dos habitantes da casa, tendo espaços de armazenamento acessíveis, além de outros locais especiais para facilitar a vida de quem usa a cozinha. Se a família tem o costume de fazer refeições rápidas na cozinha, deve-se ter um balcão ou mesa para estes momentos. Se as crianças tem o costume de estudar na cozinha enquanto os pais cozinham, é preciso pensar também neste espaço para que tudo funcione corretamente.

Como escolher os móveis de cozinha

Fonte: Roma Mobili.

  1. Qualidade dos móveis: Escolha móveis de cozinha que tenham qualidade. Na cozinha, a possibilidade de molhar um armário é grande. Além disso, este é um cômodo que limpamos quase diariamente. Se os móveis escolhidos não tiverem uma boa qualidade, eles acabam se degradando rapidamente, causando grandes prejuízos. Por isso, desconfie de ofertas muito generosas, pois móveis de cozinha resistentes são um pouco mais caros, mas um investimento que vale muito a pena.
  2. Um pouco de cor na cozinha: Ver móveis coloridos na cozinha é tão comum quanto ver um mobiliário todo branco e neutro. Tudo depende do gosto de quem mora na casa. Os móveis de cozinha neutros são clássicos, versáteis e aceitam praticamente todo tipo de decoração. Por outro lado, os móveis coloridos dão muita personalidade ao cômodo, deixando-o único.

Para quem não quer tudo completamente neutro ou colorido, é possível misturar um pouco as cores, criando detalhes interessantes. Uma cozinha toda branca com uma única porta em amarelo ou azul, por exemplo, ajuda a criar um cantinho de destaque.

Outra forma de criar diferenciais é através da escolha dos puxadores, que podem ser de materiais tradicionais ou bastante inovadores, criando mais um ponto de destaque no mobiliário da cozinha. Também é possível misturar outros acabamentos além da madeira nos móveis de cozinha. Portas de vidro ou metalizadas dão toques especiais e criativos ao espaço.

Móveis de cozinha como escolher

Fonte: Roma Mobili.

  1. Meça antes de comprar: Atente-se às medidas! Elas são importantes para quem vai cozinhar, pois proporcionam mais conforto à tarefa. Certifique-se de que as bancadas dos móveis de cozinha tenham 90 centímetros de altura e 60 centímetros de profundidade, criando um espaço adequado para as tarefas cotidianas. A distância entre as bancadas e os armários superiores deve ser de, no mínimo, 50 centímetros. E evite colocar armários superiores muito altos, pois isso pode dificultar a tarefa de pegar os objetos que estão mais altos. E ficar subindo em cadeiras e bancos é, com certeza, desconfortável e perigoso.

Comentários

Leave a Reply